contato@healertech.top +55 095 99154-5185

Acidente Vascular Cerebral Isquêmico

O Que é? Sintomas
Cerebro

Acidente Vascular Cerebral Isquêmico

O AVC isquêmico ocorre quando há obstrução de uma artéria, impedindo a passagem de oxigênio para células cerebrais, que acabam morrendo. Essa obstrução pode acontecer devido a um trombo (trombose) ou a um êmbolo (embolia). O AVC isquêmico é o mais comum e representa 85% de todos os casos.

Sintomas

  • fraqueza ou formigamento na face, no braço ou na perna, especialmente em um lado do corpo;

  • confusão mental;

  • alteração da fala ou compreensão;

  • alteração na visão (em um ou ambos os olhos);

  • alteração do equilíbrio, coordenação, tontura ou alteração no andar;

  • dor de cabeça súbita, intensa, sem causa aparente.

Causas

Causas diretas de AVC

  • Hemofilia ou outros distúrbios coagulação do sangue.
  • Ferimentos na cabeça ou no pescoço.
  • Tratamento com radiação para câncer no pescoço ou cérebro.
  • Arritmias cardíacas.
  • Doenças das válvulas cardíacas.
  • Defeitos cardíacos congênitos.
  • Vasculite (inflamação dos vasos sanguíneos), que pode ser provocada por infecções a partir de doenças como sífilis, doença de Lyme, vasculite e tuberculose.
  • Insuficiência cardíaca.
  • Infarto agudo do miocárdio.

AVC Isquêmico

  • AVC isquêmico aterotrombótico: provocado por doença que causa formação de placas nos vasos sanguíneos maiores (aterosclerose), provocando a oclusão do vaso sanguíneo ou formação de êmbolos.
  • AVC isquêmico cardioembólico: ocorre quando o êmbolo causador do derrame parte do coração.
  • AVC isquêmico de outra etiologia: é mais comum em pessoas jovens e pode estar relacionado a distúrbios de coagulação no sangue.
  • AVC isquêmico criptogênico: ocorre quando a causa do AVC isquêmico não foi identificada, mesmo após investigação detalhada pela equipe médica.

Prevenção

Muitos fatores de risco contribuem para o aparecimento de um AVC e de outras doenças crônicas, como câncer e diabetes. Alguns desses fatores não podem ser modificados, como a idade, a raça, a constituição genética e o sexo. Outros fatores, entretanto, dependem apenas da pessoa e são os principais para prevenir essas doenças.


  • Não fumar.
  • Não consumir álcool.
  • Não fazer uso de drogas ilícitas.
  • Manter o peso ideal.
  • Manter alimentação saudável.
  • Beber bastante água.
  • Praticar atividades físicas regularmente.
  • Manter a pressão sob controle.
  • Manter a glicose sob controle.